Bispo Lucas Cunha destaca que Deus se move em meio à obediência

No culto de terça-feira, 19, na Embaixada Sara Nossa Terra, em Brasília, foi anunciado o início de jejum de 21 dias com o tema: “ O Impossível Ainda Pode Acontecer”. Na explanação da palavra, o bispo Lucas Cunha pregou com base no livro de Daniel 10:12, que Deus ouve as orações das pessoas desde a primeira vez que se consagram a Ele

Diante disto, o preletor descreveu que a palavra coração também representa fonte no interior da mente e da alma que se subdivide em pensamentos, vontades e emoções. “ Quando nos humilhamos perante ao Senhor, nosso clamor é ouvido e Anjos são liberados. E no contexto bíblico, Daniel quando orava estava debaixo de grande perseguição. Portanto, é claro que um cristão cheio do Espírito Santo incomoda, pois ele observa a vida sob uma ótica diferente. Não mude quem você é, pois diante de qualquer situação, Deus se apresenta a seu favor. Quantos têm temores que não foram resolvidos? Quando Deus te der uma palavra, obedeça – mesmo que você não entenda. Se seu líder falar, aceite! Pois o mar vai se abrir em sua vida. A fé não se entende e sim se obedece”, completou.

No decorrer da pregação, o preletor acentuou que não importa às circunstâncias que os indivíduos enfrentem, contudo, quando estão vivendo o sobrenatural do Pai são fortalecidos. “ Não olhe o tamanho de seu problema. Deus nunca te deixará no meio da batalha – não deixe que o diabo coloque dúvidas em seu coração. O Senhor não é de castigo e sim de amor. Enxergue pelos olhos sobrenaturais. Não temas o pavor repentino que pode te paralisar com informações ou palavras de maldade. Não permita que nada te abale! Pois não importa o que este mundo te traz de informações, porque o Senhor será a sua segurança e guardará seus pés”, concluiu.

Confira foto:
Compartilhar

Por: Paulo Melo