Bispo Robson Rodovalho fala sobre as vitórias em meio a contextos difíceis de batalhas

No culto on-line de Quebra De Maldições desta terça-feira, 21, direto da Embaixada Sara Nossa Terra, o Bispo Robson Rodovalho celebrou pelos 26 anos da Sara Nossa Terra

Na explanação da palavra, de acordo com o livro de Josué 23: 14 – 23, Rodovalho destacou sobre as vitórias em meio a contextos difíceis de batalhas. “Quem estiver alinhado com a Palavra, verá as promessas se cumprirem. Todos os seus sonhos são possíveis, pois nenhuma palavra vai cair por terra. Estamos falando do final da vida de Josué, mas quero te perguntar: como ele começou? Ele foi um excelente discípulo de Moisés e foi caracterizado pela obediência”, assegurou.

Ainda na pregação, o preletor mostrou que Deus falou para Josué mudar a mente e seguir a sua missão. “ Deus mudou a mente dele para ele ocupar a liderança no lugar de Moisés, pois tinha um tempo novo para o guerreiro cumprir. O Senhor disse para Josué ser forte e corajoso. Ele tinha 80 anos e Deus disse que ele faria o povo herdar a terra. No entanto, seria essencial ele não desviar nem para esquerda ou direita. A nossa responsabilidade é de nossa aliança com nosso Deus. A palavra forte é ser radical em seu chamado. Contudo, houve pressões de todos os lugares que tentaram remover Josué do propósito dele”, salientou.

Na conclusão, Bispo Rodovalho ressaltou que uma pessoa forte protege aquilo que alcançou. “ É a força que gera a estrutura. E neste tempo de quarentena, tomara que esteja fazendo coisas novas ao ter coragem de tirar a mente deste período e a colocar no futuro. Existem pessoas que têm coragem, mas não têm força para seguir. Por que Adão seguiu a mulher quando caiu? Pois ele não teve coragem para se posicionar. Você tem coragem de contrariar as pessoas pelo seu Deus? Ou muitas vezes tem feito o que sua namoradinha ou seu sócio quer? Você tem que ter coragem para contrariar pessoas e energia para projetos novos. Guarde sua aliança com Deus e seu líder”, finalizou.



Compartilhar

Por: Edilene Ribeiro

0 comentários:

Postar um comentário