Delmasso pede ao Governador a abertura de igrejas menores no Itapoã

As igrejas são vistas como um local de refúgio e fortalecimento dos fiéis que tem a mesma fé

Foto: Renato Vieira.

No dia 17 de julho, o vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Delmasso (Republicanos-DF) enviou o ofício nº 273/2020 solicitando ao governador Ibaneis Rocha a autorização para realização de cultos, missas e rituais religiosos, para as igrejas que possuem capacidade de até 199 pessoas no Itapoã.

O ofício destaca que o Decreto nº 40.982, de 13 de julho de 2020 contemplou as igrejas com capacidade para mais de 200 pessoas, mas não tratou das igrejas menores. No Itapoã, boa parte dos templos não possuem capacidade para mais de 200 pessoas, levanto em conta que os lotes desta região têm uma característica diferente das outras regiões do DF.

As igrejas da cidade seguem fechadas por estarem desamparadas pela lei, dessa forma é necessário ter uma normatização específica. Para a retomada de suas atividades religiosas com até 199 pessoas, elas deverão cumprir com as medidas de segurança necessárias, como: sanitização dos microfones, piso e cadeiras do estabelecimento; afastamento mínimo de um metro e meio entre o púlpito e a primeira cadeira dos fiéis e disponibilização de tapetes sanitizantes na entrada do estabelecimento.

As igrejas são vistas como um local de refúgio e fortalecimento dos fiéis que tem a mesma fé. “As igrejas são como uma segunda casa para as pessoas. Por isso precisam abrir, com os devidos cuidados para oferecer esperança através da fé. ” Disse Delmasso.
Compartilhar

Por: Colibri Comunicação

0 comentários:

Postar um comentário